sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Rua Theresa Henriques Lancastre

Theresa Maria das Victórias Henriques de Lencastre, de seu nome completo: (Teresa Maria das Vitórias de Jesus de Lourdes de Verdelais de la Salette da Conceição Fernanda Narcisa isabel Feliciana Eusébia Vitorina Teófila Luzia Pedro José Luis de Gonzaga Henriques Pereira de Faria Saldanha e Lancastre)
Descendente de Dom Ayres de Saldanha de Menezes e Souza, proprietária das Quintas da Tascôa e Pero Longo nasceu em 29.10.1873
Por intermédio do seu filho, Francisco Maria das Victórias Lancastre de Almeida Garrett, ofereceu mais de cem mil metros quadrados de terras, para fins exclusivamente comunitários, na zona de Queluz Ocidental, hoje parte integrante da Freguesia de Monte Abraão.
Por respeito a esta Beneméria de Monte Abraão, deveria a JFMA, embora seja competência da CMS a sua recuperação, ter em atenção o estado em que se encontra uma das placas toponímicas, com o seu nome.

6 comentários:

jvn disse...

Pelo motivo aqui mencionado, também Almeida Garrett deveria ser destacado em Monte Abraão.
Saudações.

Anónimo disse...

Possas que a senhora tinha um nome comprido. Ainda bem que abreviaram, senão ia ter dificuldade para dizer onde moro :P

DivertirAugusta disse...

Concordo plenamente com o JVN. O Engenheiro Almeida Garret foi um homem que também fez muito por este cantinho hoje chamado Monte Abraão.

Susete Evaristo disse...

Mas é claro que existe uma Rua com o nome do Engenheiro Almeida Garrett, filho de Dª. Teresa. Situa-se a referida Rua na biforcação existente no sitio da antiga biblioteca com inicio na Rua António Correia de Sá e finda na Rotunda existente na Avenida Capitão Gomes da Rocha, que a partir desse ponto passa a chamar-se Av Humberto Delgado. (imediações do Pingo Doce)

Fátima Campos disse...

A rotunda que a senhora refere como sendo junto ao Pingo Doce, tem o nome de Rotunda Dom Ayres de Saldanha de Menezes e Souza.
E se sabe que compete à CMS a manutenção das placas toponímicas, não percebo porque insiste em que seja a JFMA. Nem competência legal temos para o fazer, muito menos financeira.
Fátima Campos
Presidente JF Monte Abraão

Susete Evaristo disse...

Obrigada pela visita, vejo que continua ao fim de tantos anos ainda continua a vizitar o meu modesto blogue
O artigo que refere foi publicado há 4 anos Agosto de 2007 se calhar nesse tempo quando consultei o mapa a rotunda ainda não tinha nome.
Quanto às placas toponimicas continuo a pensar do mesma forma. Claro que sei que a manutenção das mesmas é da competência da CMS mas como a Junta tem verbas e até patrocina obras particulares como foi o caso por exemplo do Adro da Igreja, não diga que não tem verbas.
Relativamente às competências julgo haver um Vogal na Junta com esse pelouro e também julgo que se houvesse vontade seria fácil ultrapassar essa questão.